Publications des agents du Cirad

Cirad

Système intégré culture - Elevage ¿ Arbre (SILPF) dans l'État du Roraima, Amazonie Brésilienne

Burlamaqui Bendahan A.. 2015. Paris : AgroParisTech, 415 p.. Thèse de doctorat -- Agronomical sciences, Thèse de doctorat -- Agronomical sciences.

As políticas de colonização da Amazônia, o crescimento da população demandante por alimentação e, assim, por carne, ainda a flexibilidade da pecuária, contribuíram a sua rápida expansão na Amazônia. Em grande parte, por estas razões, a pecuária é vista como um dos principais motores do desmatamento e, mais recentemente, como importante fonte de emissões de gases de efeito estufa. No início do século XXI, medidas mais restritivas e repressivas são colocadas em prática para reduzir o desmatamento e a expansão horizontal da pecuária. A busca de alternativas se desenvolve. A integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF) é vista como um dos caminhos a seguir e instituições de pesquisa receberam recursos. No entanto, mesmo se os SILPFs existem desde o início da colonização, a sua expansão em larga escala é difícil. Em 2008, SILPFs são testados em estações experimentais e fazendas do Estado de Roraima, como uma alternativa aos sistemas exclusivos de pecuária e com o objetivo de desenvolver alternativas adaptadas ao Estado. Duas hipóteses foram testadas: i) SILPF oferece melhores resultados econômicos e financeiros que a pecuária devido a uma maior eficiência na utilização dos recursos; e ii) a gestão de sistemas multicomponentes e multiprodutos como o SILPF constitui barreira potencial à viabilidade das propriedades. A metodologia é baseada na análise de bases de dados secundários, entrevistas com atores chaves das cadeias dos grãos, pecuária e madeira, oficinas participativas, monitoramento de fazendas que têm adotado SILPF e de experimentações em estações experimentais. A análise conjunta dos dados secundários e os pontos de vista das partes interessadas locais têm demonstrado que o Estado de Roraima possui zonas apropriadas aos SILPFs, apesar do solo pobre. Além disso, existem linhas de crédito disponíveis e acessíveis, mesmo se o contexto não é muito favorável, incluindo a infraestrutura rodoviária problemática na época das chuvas, o fracasso dos sistemas de saúde e de educação rural, o difícil acesso à informação, a deficiente assistência técnica, bem como a persistência de questões de posse da terra. Ademais, a utilização de ferramentas de gestão para e pelos produtores, juntamente com o aumento de atividades proporcionado pelo SILPF, exigem necessidade de treinamento da mão de obra. Apesar dessas necessidades básicas, especialmente dependentes do contexto, os SILPFs apresentam rentabilidade econômica interessante justificando sua implantação. Várias interações entre os três componentes do sistema são colocadas em evidência, sobretudo a melhoria da fertilidade do solo, o efeito de árvores nas culturas e vice-versa, a complementaridade em termos de recursos financeiros etc. Existe também maior diferenciação das atividades e da diversificação do conhecimento. Outros importantes resultados são o aumento significativo da complexidade e da complicação. A gestão parece ser o ponto chave do SILPF, especialmente porque os sistemas pecuários tradicionais baseados em desmatamentos são caracterizados por gestão sem sofisticação. O sucesso do SILPF exige gestão cuidadosa do calendário das atividades, da mão de obra, dos equipamentos, da aquisição de insumos, da comercialização da produção e do fluxo de caixa. A gestão deve ser flexível o suficiente para absorver as incertezas climáticas, econômicas e sociais que aparecerão. Em conclusão, bem gerido, os SILPFs são economicamente mais viáveis do que a atividade pecuária. A otimização de recursos de infraestrutura e mão de obra contribui a essa sustentabilidade. O seu desenvolvimento em Roraima muito dependerá do contexto em que se encontram, especialmente vis-à-vis os sistemas de saúde, educação, assistência técnica e acesso à informação. Por estas razões, acreditamos que a adoção generalizada no Estado de Roraima, sobretudo com o componente árvore, não é possível a curto prazo. (Résumé d'auteur)

Mots-clés : utilisation des terres; gestion foncière durable; gestion des ressources naturelles; Économie rurale; développement régional; développement rural; sécurité alimentaire; démographie; sociologie rurale; agroforesterie; agroécologie; système agrosylvopastoral; brésil; amazonie; roraima

Thématique : Systèmes et modes de culture; Production forestière; Elevage - Considérations générales; Economie et politique agricoles; Sociologie rurale et sécurité sociale; Conservation de la nature et ressources foncières

Documents associés

Thèse