Publications des agents du Cirad

Cirad

Plantas Alimentícias Não Convencionais: Mapeamento dos atores-chave no Distrito Federal

Nunes e Sousa H., Kellen da Silva Araújo T., Pedroso Thomaz De Oliveira B., Guéneau S., Gueneau S.. 2018. In : Preiss Potira V. (ed.), Schneider Sergio (ed.). Conference proceeding of the 3rd International Conference on Agriculture and Food in an Urbanizing Society: Healthy food, socio-biodiversity, and sustainable agrifood systems: innovations from consumption to production. Porto Alegre : UFRGS, p. 162-162. International Conference on Agriculture and Food in an Urbanizing Society. 3, 2018-09-17/2018-09-21, Porto Alegre (Brésil).

A compreensão sobre a mudança de hábito das pessoas pode interferir em toda uma rede de produção de alimentos, criando demandas e/ou fortalecendo mercados de comercialização, desta forma, ¿comer¿ tem sido considerado um ato político. É neste contexto que as Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) - todas as plantas ou parte de plantas com função alimentícias que são negligenciadas e/ou subutilizadas - surgem em grandes centros urbanos brasileiros como um conceito emergente associado a um potencial de diversificação alimentar e valorização dos recursos naturais. A identificação dos atores que participam deste contexto permite mapear as relações criadas a partir destas plantas, evidenciando potenciais sociais que podem contribuir com fluxos sustentáveis na cadeia de alimentos. O objetivo deste trabalho foi identificar e mapear atores-chave do Distrito Federal que se relacionam com as PANC. A coleta de dados foi realizada a partir de saídas de campo exploratórias em locais estratégicos, onde foram identificados atores-chave que se relacionam com essas plantas em seus diversos aspectos, como produção, consumo e pesquisa. Dentre eles: Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF), restaurantes, empreendimentos sociais e a Embrapa Hortaliças. Entrevistas abertas e semiestruturadas foram realizadas com atores selecionados de forma intencional, em uma amostra não probabilística, por meio da técnica "bola de neve". Foram identificados 12 atores-chave, que se relacionam entre si, formando uma complexa rede que movimenta uma cadeia produtiva das PANC e que possui potencial de expansão, demonstrado pelo aumento da demanda de consumo local. Existe uma complexa rede de relações estabelecidas pelos atores-chave em torno das PANC no Distrito Federal, evidenciando suas potencialidades sociais.

Documents associés

Communication de congrès

Agents Cirad, auteurs de cette publication :