Publications des agents du Cirad

Cirad

Validação de protocolo de extração de dna sem uso de nitrogênio líquido

Araújo Santos T., Oliveira Barbosa A.C., Kreuze J., Iskra Caruana M.L., Alves Santos de Oliveira S., Fortes Ferreira C.. 2018. Revista Recursos Genéticos News, 4 (3) : p. 590-590. Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos. 5, 2018-11-06/2018-11-09, Fortaleza (Brésil).

Com o avanço das técnicas de Biologia molecular, surge a necessidade de se aprimorar protocolos de extração de DNA para que sejam mais rápidos e baratos, possibilitando a inclusão de novas metodologias que tendem a beneficiar seus usuários. Nos protocolos de rotina, o uso do nitrogênio líquido é indispensável para o rompimento da parede celular e retirada dos ácidos nucleicos do interior das células durante o processo de maceração. No entanto, sabe-se que o custo do nitrogênio líquido é bastante elevado. As furadeiras de bancada fazem a mesma função do nitrogênio líquido e são extremamente baratas, duráveis e fáceis de serem utilizadas e o seu uso em relação ao nitrogênio e permite uma economia de R$20.000-R$30.000,00/ano a depender do número de amostras quando se compara aos gastos em laboratórios ao final do ano. Portanto, o objetivo deste trabalho foi validar protocolo de extração de DNA com o uso da furadeira de bancada na extração de DNA das principais culturas da Embrapa Mandioca e Fruticultura. Após a coleta do material vegetal, foram realizadas as extrações de DNA das seguintes culturas: bananeira, abacaxi, citros, mamão, maracujá e mandioca. Para cada cultura foram utilizados três genótipos, totalizando três repetições cada. A quantificação para verificar a quantidade e a qualidade do DNA foi feita em gel de agarose 1% por meio de eletroforese. Em seguida foram realizadas as amplificações com dez marcadores moleculares, sendo: cinco marcadores SSR (Simple Sequence Repeats) e cinco ISSR (Inter-simple Sequence Repeats), com o intuito de validar o protocolo. A extração de ácidos nucleicos com uso da furadeira de bancada foi idealizada no CIRAD ¿ Baillarguet em Montpellier ¿ França e CIP-Lima Peru. O método de extração de DNA com auxílio da furadeira de bancada foi eficiente na obtenção de DNA de qualidade em comparação com o método tradicional que faz uso do nitrogênio liquido e sua validação foi confirmada por meio das amplificações via marcadores ISSR e SSR. A nova metodologia irá contribuir para a redução de custos nos laboratórios de Biologia Molecular, principalmente em épocas de recursos escassos para a pesquisa.

Mots-clés : biologie moléculaire; adn; manioc; grenade (fruits); ananas (fruits); manihot esculenta; citrus; musa; brésil

Thématique : Génétique et amélioration des plantes; Méthodes de recherche

Documents associés

Article de revue

Agents Cirad, auteurs de cette publication :